Cabeçalho

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

40 Piadas de Joãozinho Parte 3/4 - 21--->30



21-O Joãozinho ( J ) chegou pro pai ( P ) e perguntou: ( J ) Pai, como eu nasci ? ( P ) Eu achei você uma vez que sai pra caçar na floresta... ( J ) E o meu irmãozinho ? ( P ) Ele foi uma experiência mágica que fizeram na barriga da sua mãe.. ( J ) E você ? ( P ) Seu avô achou uma sementinha e cuidou dela, e eu nasci... ( J ) Porra pai, será que ninguém da no couro nessa casa ?


22-Joãozinho disse para Mariazinha:
- Minha mãe me disse que eu tenho algo que você não tem! Mariazinha responde: 
- Pois minha mãe disse que com o que tenho, consigo quantos quiser desse que você tem!






23-A professora para o Joãozinho: 
Joãozinho, qual o tempo verbal da frase:
'Isso não podia ter acontecido'?
* Preservativo imperfeito, professora!


24-Joãozinho voltou da aula de catecismo e perguntou ao pai: 
- Pai, porque quando Jesus ressuscitou,
apareceuprimeiro paraas mulheres e não para os homens? 
- Sei não, meu filho! Vai ver que é porque ele
queria que anoticia se espalhasse mais depressa!


25-A professora escorrega e leva o maior tombo na sala de aula.
Na queda,o seu vestido sobe-lhe até a Cabeça. Levanta-se 
imediatamente, ajeita-se, e interroga os alunos: 
- Luisinho, o que você viu?
- Seus joelhos, professora. 
- Uma semana de suspensão! E você, Carlinhos? 
- Suas coxas, professora. 
- Um mês de suspensão 
- E você, Joãozinho? 
Joãozinho pega os cadernos e vai saindo da sala: 
- Bom, galera, até o ano que vem...


26-Joãozinho está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada... 
- Pai, quem são aquelas senhoras? O pai meio embaraçado, responde: 
- Não interessa filho... Olha antes para esta loja. ... 
Já viu os lindos brinquedos que tem? 
- Sim, sim, já vi. Mas... quem são as senhoras e o 
que é que estão fazendo ali paradas? 
- São... são... São senhoras que vendem na rua. 
- Ah sim?! Mas vendem o quê?? 
- pergunta admirado o garoto. 
- Vendem... vendem... Sei lá... 
vendem um pouco de prazer. 
O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse,
e quando chega em casa, abre a sua carteira
com a intenção de ir comprar um pouco de prazer. 
Estava com sorte! Podia comprar 50 reais de prazer!
No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe: 
- Desculpe, minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer,
por favor? A mulher fica admirada, e por momentos não sabe oque dizer,
mas como a vida stá difícil, ela aceita, porém como 
não dava para dar para o garotinho, 
leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas de morangos.
Já era tarde quando o garoto chega em casa. 
O seu pai, preocupado pela demora do filho,
pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:
- Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem, para lhe
comprar um pouco de prazer! O pai fica amarelo: 
- E... e então... como é que se passou? 
- Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade em comer, 
a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício, 
tive quase que empurrar para dentro com o dedo, 
mas comi mesmo assim. Ao final estava todo lambuzado, 
melequei todo o chão e a senhora me convidou para 
voltar amanhã, posso ir? O pai cai de costas..


27-Próximo ao natal, Joãozinho resolveu 
escrever uma carta pro papai Noel,
pedindo uma bicicleta. 
- 'Papai Noel, fui um ótimo garoto este ano, 
ajudei meu pai,minha mãe e até meu irmãozinho,
quero uma bicicleta'. Então parou e pensou:
- ele não vai acreditar, vou refazer a carta. 
- 'Papai Noel, sei que não fui muito bom este ano,
mas acho que ainda mereço uma bicicleta'. 
Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai ate o presépio,
pega a imagem de Maria, coloca dentro do sapato e escreve a seguintecarta:
- 'Jesus, estou com sua mãe, se quiser vê-la inteira de novo,
mande o papai Noel me dar uma bicicleta'.




28-Na aula de noções de medicina, a professora pediu para 
os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital.
- Cíntia, o que você trouxe? 
- Um bisturi. 
- Quem deu pra você? 
- Minha mãe. 
- E o que ela falou? 
- Falou que serve pra cortar a pele! 
- Ah, parabéns! 
- Vinicius, o que você trouxe? 
- Uma seringa! 
- E quem deu pra você? 
- Meu pai! - O que ele falou? 
- Falou que serve para aplicar injeção! 
- Meus parabéns! - Kiko, o que você trouxe? 
- Um termômetro! - Quem foi que deu? - Meu tio. 
- E o que ele falou? - Falou que serve pra medir a temperatura. 
- Ótimo - E você, Joãozinho, o que é essa bola debaixo do seu braço? 
- Isso é um balão de oxigênio! - E quem deu pra você? 
- Eu peguei da minha vó! - O que ela falou? 
- D-E-V-O-L-V-E, D-E-V-O-L-V-E-E-E-E-E, D-E-V-O-L......


29-Mariazinha, a irmã mais velha do Joãozinho, 
estava tendo a sua primeira menstruação. 
Apavorada, sem saber a razão de todo aquele sangue, 
corre pelos corredores à procura do irmão. 
- Joãozinho, Joãozinho, socorro, me ajuda!! 
- Calma, calma, maninha, o que foi? 
- Olha só!!! Estou sangrando!!! O que será isso, Joãozinho???
Joãozinho sentiu-se embaraçado no primeiro momento. 
Pensou um pouco. Usando toda a sua experiência (estava no auge dos 7 anos),
levantou o vestido da irmã, abaixou a calcinha ... 
analisou todas as possibilidades, e finalmente concluiu: 
- Olha...eu não entendo muito bem disso..., 
mas acho que arrancaram o seu saco


30-A professora estava tendo dificuldades com um dos alunos. 
- Joãozinho, qual é o problema? 
- Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. 
Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela.
Eu quero ir para o terceiro ano também! 
A professora vê que não vai conseguir resolver este 
problema e o manda para a diretoria. Enquanto 
o Joãozinho espera na ante-sala, a professora 
explica a situação ao diretor. O diretor diz para a 
professora que ele vai fazer um teste com o garoto, 
e como ele não vai conseguir responder a todas as perguntas,
vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda.
Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai 
ter que passar por um teste e o menino aceita. Diretor: 
- Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?
- 9. - E quanto é 6 vezes 6? 
- 36. E o diretor continua com a bateria de perguntas 
que um aluno do terceiro ano deve saber responder e 
Joãozinho não comete erro algum. O diretor, então, diz para a professora: 
- Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano. 
- Posso fazer algumas perguntas também?
O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta:
- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas? 
Joãozinho pensa um instante e responde: 
- Pernas. Ela faz outra pergunta: 
- O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper. 
- Bolsos - responde o Joãozinho. 
- O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem? 
Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração... 
- A letra 'M'. - responde o garoto. A professora continua a argüição: 
- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho? 
- Na África, responde Joãozinho de primeira. 
- Qual o monossílabo tônico que começa com a letra C termina com a letra U 
e ora está sujo ora está limpo? 
O Diretor começa a suar frio. 
- O céu, professora. - O que é que começa com C tem duas letras, 
um buraco no meio do redondo, e eu já dei para várias pessoas? 
- CD. Não mais se contendo, o diretor interrompe, 
respira aliviado e diz para a professora: 
- Põe o Joãozinho no quarto ano. Eu mesmo teria errado todas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Posts Relacionados